artigos técnicos

DIAGRAMA, A ESSÊNCIA DA MARCHA

Nas exposições oficiais de cavalos marchadores nota-se uma nítida preferencia pela marcha batida excessivamente diagonalizada. Mas entre os usuários de cavalos marchadores a preferência é por animais macios, de marcha picada ou de marcha de centro ( a legítima, e não a falsa preconizada por algumas associações). Esta é a falta de lógica. Não se julga nas exposições uma marcha em harmonia com a preferencia do mercado nacional e internacional, e muito menos em sintonia com as definições nos padrões raciais oficiais. Mais incompreensível ainda é a acomodação dos criadores em aceitar esta situação.

A essência da marcha pura, de qualidade é o seu diagrama marchado, que se identifica através da nítida alternância no deslocamento dos membros, quebrando visualmente a associação dos bípedes diagonais. Zootecnicamente, em se tratando de seleção de cavalos marchadores, quanto mais dissociados os membros se locomovem, de mais qualidade será o diagrama, pois os extremos indesejáveis do trote e da andadura estarão distantes.

Na verdade, o diagrama de uma marcha pura nada difere do diagrama do andamento ao passo, no qual o animal locomove cada membro independentemente, e não de forma associada, ora no par diagonal, ou ora no par lateral, dependendo da modalidade do andamento. Em cada ciclo do passo sempre ocorrem 4 apoios tripedais, 2 apoios duplos diagonais e 2 apoios duplos laterais. Esta é a mesma mecânica de locomoção da marcha autêntica. O passo é um andamento marchado de baixa velocidade. A marcha é um andamento de média velocidade. A melhor maneira de verificar a sua naturalidade é iniciá-la lentamente a partir do passo. Se o animal diagonalizar, estará mais próximo do trote. Se o animal lateralizar, estará mais próximo da andadura. Se o animal encartar a marcha continuando a deslocar cada membro a seu tempo, esta será a mais pura das marchas, indiscutivelmente centrada. Não há que discutir o óbvio.

Se a essência da marcha é representada pelos apois tripedais, esta qualidade é a mais importante de todas, até porque é o principal fator determinante da boa comodidade. Errados estão todos aqueles que defendem as marchas batidas excessivamente diagonalizadas com argumentos de propiciarem mais rendimento, mais equilíbrio, impulsão. De que adianta se estas “marchas” perderam a essência do diagrama marchado? Elas são como um perfume sem odor agradável.

Lúcio Sérgio de Andrade
Zootecnista

 

Voltar


CURSOS ONLINE
CLICK NO BANNER

Itaporanga-SE
Francisco Garcez
(Tito) - (79) 9977 8000

Carvalhos-Sul de Minas
Prop. Fernando Pizza -
(35) 3345 1552
Haras Boa Luz Seleção Mangalarga Marchador Marcha Picada pelagens pampa de preta e preta